PSPE
PSPE
23 Mar
Liliana Rodrigues reúne-se com autarcas da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo

Liliana Rodrigues reúne-se com autarcas da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo

Liliana Rodrigues recebeu uma delegação de autarcas da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT), tendo por objetivo sensibilizar as autarquias para a importância das instituições europeias na implementação das políticas públicas locais.

 

Durante a reunião, a deputada apresentou e deu a conhecer algum do trabalho feito com vista ao próximo quadro de apoios comunitários. Liliana Rodrigues ouviu, também, as preocupações dos autarcas em relação às áreas dos transportes, da energia, do turismo, da educação e formação e, ainda, sobre as questões da prevenção de incêndios e dos cuidados com as áreas florestais.

 

Sobre a prevenção de incêndios e cuidados com a floresta, Liliana Rodrigues afirmou que a Comissão de Desenvolvimento Regional do Parlamento Europeu está a rever o Mecanismo Europeu de Protecção Civil.

 

“Neste momento, o que queremos é dotar a União Europeia de meios próprios que possam ajudar os Estados-Membros em alturas de catástrofe”, afirmou a deputada, acrescentando que outras das prioridades desta revisão encontram-se “na prevenção dos desastres e na formação de activos”.

 

Liliana Rodrigues deu, também, a conhecer as ferramentas que os autarcas têm à disposição em termos de financiamento, nomeadamente o investimento territorial integrado (ITI) e o desenvolvimento local de base comunitária (CLLD), e apelou à participação das autarquias nos projectos disponíveis.

 

Em relação ao próximo quadro de apoios comunitários, Liliana Rodrigues alertou para “o problema sério entre a Comissão Europeia e o Parlamento Europeu no desenho do orçamento que irá englobar o valor dos fundos destinados à Política de Coesão”. 

 

Em Fevereiro, Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão, defendeu que será necessário fazer cortes na política de coesão e na política agrícola comum, caso a Europa queira cumprir com “todas as suas prioridades”.

 

“O Parlamento Europeu e o Partido Socialista estão empenhados no combate a qualquer tipo de cortes numa das políticas [a de Coesão] de maior sucesso da União Europeia”, afirmou Liliana Rodrigues.

 

A Comissão Europeia deverá apresentar até junho de 2018 a sua proposta para o novo quadro de apoios comunitários.

 
 
 

Inscreva-se e receba notícias dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu