Atuar e depressa

Atuar e depressa 17.09.2020

Pobreza endémica, ganância económica, fragilidade institucional, catástrofes naturais e “terrorismo sob a capa da intolerância religiosa, combinadas de formas que permitem diversos ângulos de análise, criaram um contexto de crise humanitária na província de Cabo Delgado”, descreveu Carlos Zorrinho durante o debate sobre a situação em Moçambique que decorreu no Parlamento Europeu. “Os números conhecidos de ataques e de vítimas civis e as imagens que circulam sobre as atrocidades cometidas são chocantes”, afirmou o Copresidente da Assembleia Parlamentar África, Caraíbas e Pacífico/ União Europeia (ACP/UE).

 

 

UE deve pedir uma explicação a Moçambique sobre o caso de Américo Sebastião

UE deve pedir uma explicação a Moçambique sobre o caso de Américo Sebastião 17.09.2020

Isabel Santos instou as autoridades europeias a pedirem uma explicação a Moçambique sobre o desaparecimento, há quatro anos, do cidadão português, Américo Sebastião. “Há uma família e um conjunto de amigos que ainda esperam por uma explicação para aquilo que aconteceu”, disse a deputada ao intervir na sessão plenária de Bruxelas.

 

 

Violência sexual como estratégia de acção terrrorista

Violência sexual como estratégia de acção terrrorista 17.09.2020

No Congo os abusos sexuais são “usados como armas de guerra e o médico que denuncia e trata clinicamente estes crimes está sob ameaça de morte”, denunciou Carlos Zorrinho na sessão penária de Bruxelas. O deputado referia-se ao Dr.

 

 

Reino Unido tem de assegurar total respeito pelo acordo de saída

Reino Unido tem de assegurar total respeito pelo acordo de saída 16.09.2020

O Brexit e a resposta à crise económica causada pela pandemia foram dois assuntos que Pedro Silva Pereira, vice-presidente do Parlamento Europeu, abordou ao intervir no debate sobre o Estado da União. “Nós desejamos um bom acordo para a relação futura que sirva os interesses das duas partes mas a União Europeia não pode fazer um segundo acordo com quem diz que não vai cumprir o primeiro, é tão simples como isso”, disse o deputado.

 

 

Novo ciclo de esperança e progresso sustentável na Europa

Novo ciclo de esperança e progresso sustentável na Europa 16.09.2020

“Responder, recuperar, transformar” deverão ser as linhas chave da ação necessária para que a Europa “se lance para um novo ciclo de esperança e progresso sustentável”, afirmou Carlos Zorrinho ao intervir no debate parlamentar sobre o Estado da União. Um debate que designou de “debate sobre a sobrevivência da União”, razão pela qual defendeu uma Europa “forte e resiliente que responda com rapidez e sentido solidário aos desafios imediatos colocados pela pandemia”.