21 de janeiro de 2022
 

O Parlamento Europeu elegeu esta semana o seu Presidente e Vice-Presidentes. Depois de ter visto ser reconduzido o seu membro Pedro Marques como Vice-Presidente do Grupo dos Socialistas e Democratas, a Delegação do PS no Parlamento Europeu viu também agora reeleito o seu membro Pedro Silva Pereira como Vice-Presidente do Parlamento, mantendo assim a sua forte capacidade de intervenção política e de representação de Portugal na casa da democracia europeia, defendendo uma agenda progressista e solidária.

Carlos Zorrinho

Twitter Facebook

Iniciou esta semana a sua atividade, a nova Agência da União Europeia para o Asilo (EUAA). Uma das consequências do Novo Pacto para a Migração e Asilo foi a substituição do Gabinete Europeu de Apoio em matéria de Asilo (EASO) por esta nova agência da UE, que irá contar com mais recursos e da qual esperamos mais e melhores resultados. Dotada de um mandato reforçado, bem como um maior apoio financeiro da União Europeia - só em 2022 irá receber cerca de 172 milhões de euros de fundos europeus - espera-se que esta agência providencie um apoio mais efetivo aos sistemas nacionais de asilo e que mais torne eficiente e sustentável o sistema de gestão de migrações na União Europeia.

Isabel Santos

Twitter Facebook

O eurodeputado socialista português Pedro Silva Pereira foi reeleito como vice-presidente do Parlamento Europeu. Esta reeleição é a confirmação do excelente trabalho realizado na primeira metade do mandato. Pedro Silva Pereira tem tido posição de destaque em alguns dos assuntos mais relevantes com que lidamos, com destaque para o Brexit e para a Conferência sobre o Futuro da Europa. O seu trabalho prestigia o S&D, grupo político em que nos integramos e dá uma excelente imagem de Portugal. Parabéns, Pedro!

Manuel Pizarro

Twitter Facebook

Um novo capítulo

A semana em Estrasburgo começou com uma emocionada homenagem a David Maria Sassoli, antes de partirmos para o início de um novo capítulo, com a eleição da nova Presidente do Parlamento Europeu. No seu primeiro discurso após a eleição, a maltesa Roberta Metsola alertou para a ameaça que os nacionalismos colocam aos valores europeus e para o imperativo de proteção dos mais vulneráveis, como a comunidade LGBTI. A forma como referiu a proteção de "todos" os direitos da Mulher, não pode fazer esquecer que a eurodeputada do PPE se tem declarado contra a interrupção voluntária da gravidez.

Mas Metsola terá agora a responsabilidade de presidir à grande casa da democracia europeia e como tal, terá de saber cultivar as vias do diálogo e da escuta ativa. Desejamos que o bom exercício dessas vias possa abrir portas a que a nova presidente entenda as razões que sustentam a defesa global dos direitos de saúde sexual e reprodutiva das mulheres. O facto de ser a terceira mulher eleita para presidir à maior casa da democracia tem um significado indiscutível para a luta das mulheres, e que é reconhecido por todos. Mas não impedirá o Grupo dos Socialistas e Progressistas Europeus de se manter particularmente vigilante ao modo como a nova presidente lidará com questões centrais como as que se prendem com a defesa integral dos direitos de saúde sexual e reprodutiva das mulheres.

Isabel Estrada Carvalhais

Twitter Facebook

"O Dr. António Costa arranjou uma forma airosa de evitar ter de fazer o que sabe que não é bom para Portugal; ter de votar nele próprio. Chapeau!"

Rui Rio comentou assim o anúncio de que António Costa se inscreveu para o voto antecipado em mobilidade no Porto. Não saberia que o voto em mobilidade é enviado para o círculo eleitoral de residência. Em vez de confessar a ignorância, lamentável mas desculpável, justificou-se dizendo que era uma brincadeira. Todos perceberam que não era. Quanto mais se dá a conhecer, mais se vai vendo quanto a imagem de sinceridade que cultiva é postiça.

Pedro Marques

Twitter Facebook

Quantas vezes não recebemos anúncios que parece que nos conhecem melhor que nós próprios? Que sabem exatamente o produto ou serviço que procuramos – ou pior, tocam nos nossos receios mais íntimos? Na votação desta semana do Digital Services Act, conseguimos uma grande vitória, ao limitar o uso de dados sensíveis para a publicidade online, e restringindo a publicidade dirigida a menores.

Maria Manuel Leitão Marques

Twitter Facebook

Como se pode ver neste vídeo, em Estrasburgo, o Parlamento Europeu elegeu a sua nova Presidente, a maltesa Roberta Metsola, do PPE, bem como os seus vice-presidentes para a segunda parte desta legislatura. Na minha qualidade de Vice-Presidente, tive a honra de presidir ao processo eleitoral, anunciar os resultados e entregar a presidência à nova Presidente. Tive também a satisfação de ser reeleito Vice-Presidente, sendo o terceiro mais votado de entre os 18 candidatos. Um reconhecimento que reforça a influência da delegação socialista portuguesa e prestigia Portugal.

Pedro Silva Pereira

Twitter Facebook

O Silêncio das Mulheres, Pat Barker, Quetzal

Este livro é um convite a olharmos para as vozes das mulheres silenciadas pela História, pela Ciência, pelo poder. Conhecemos Aquiles, Ulisses, Páris, Agamémnon ou Heitor da Ilíada. Os heróis masculinos. Mas conhecemos menos as mulheres. Aqui Briseida, troféu e concubina de Aquiles após a tomada da cidade pelos Gregos (rainha de Lirnesso, uma cidade vizinha de Troia), narra-nos a história das mulheres do poema de Homero: as que cuidam dos mortos e dos vivos, as escravas, as prostitutas, as que olham para as batalhas e que sofrem os seus horrores. Um livro que enriquece a leitura da Ilíada de Homero. 

Margarida Marques

Twitter Facebook

Se no conseguir visualizar correctamente este email clique aqui

Para mais informaes consulte a pgina dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu: http://www.pseuropa.pt/web/
Para remover o seu email desta mailling list por favor clique aqui